Dicas literárias


 
 

Quando eu engravidei, algumas pessoas falaram de vários títulos de livros que registravam informações sobre gravidez e filhos. Segundo elas, seria muito bom que eu lesse, pois assim eu teria contato com esse universo e saciaria a minha ansiedade em saber sobre cada etapa pela qual eu estava passando. 
Há muitos livros sobre puericultura, alguns são cansativos, mas eu consegui uma ótima seleção, principalmente aqueles em forma de manual, que são fáceis de ler e práticos ( A bíblia da gravidez, A bíblia do bebê, o primeiro ano do seu bebê), pois na hora de um aperto você corre e faz aquela consulta rápida.

Um desses livros selecionados ( 50 maneiras de criar um filho sem frescuras) eu ganhei de uma colega de trabalho do meu marido e eu adorei, pois trazia dicas de como criar os filhos, apesar do Jud não seguir muito bem essas dicas.
 
 
 
 
 
 
  

Ler é muito bom e fazer com que o seu filho tenha contato com os livros desde cedo é melhor ainda. Antes do João Paulo nascer, eu comprei alguns livros , aqueles com dedoches, e no aniversário de 1 ano ele ganhou um outro ( e é um dos que ele mais gosta), O Ursinho Peludo, (veja o João Paulo lendo o livro).

 Antes da soneca da manhã, eu conto várias historinhas para o meu filho e ele fica mais calmo, mais sonolento e tem um sono mais tranquilo.
Como o João Paulo gosta desse momento, também gostaria de oferecer algumas dicas literárias:

 
Animais na fazenda
 
O Ursinho Peludo
 
 
 

Patinho, você grasna demais!
 

 

 

Anúncios