Novidade!!!!!


Olha só o que eu encontrei em Orlando!

O que é isso? Um copo muito útil para inicar seu filho a alimentar-se sozinho. Ele tem uma tampa em silicone e que se abre quando seu filho enfia a mão para pegar o alimento, evitando assim que o mesmo caia no chão.  Ideal para colocar pipoca, frutas picadas e para se levar no carro ( sem fazer aquela sujeira toda, quando você dá de comer para seu filho).

Onde eu comprei? Comprei no Walmart, em Orlando, e não sei se tem aqui em Belo Horizonte, acredito que deva ter iguais( são vendidos dois copos em uma mesma embalagem) aqui no Brasil. É só procurar!!!

 

Olha o Carnaval aí, gente!!!


O Carnaval está chegando, é hora de soltar a imaginação e  de colocar o “bloco na rua”!

As fantasias estão na crista da onda. Então é hora de fantasiar, de brincar, de pular, de continuar a dar asas à imaginação, até o sono chegar, e de dormir, vestido do personagem preferido.    É isso que seu filho quer !!!

Conheça os camisolas e os pijamas temáticos da loja virtual www.pappubabyboutique.com.br , os seus filhotes vão adorar a novidade!!! 

Camisola Cindy( Cinderela)       Pijama do Garoto Prodígio

Pijama Super H                            Camisola Bela ( A Bela e a Fera)

Compra do enxoval do bebê em Miami


Durante a minha visita à Flórida, resolvemos também fazer  um turismo de compras e como o meu  marido adora “gastar…Gastar…Comprar…Comprar”, lá fomos nós!

Primeiramente resolvemos seguir as dicas postadas nos sites: de ir até ao Walmart para fazer algumas comprinhas básicas, principalmente um carrinho de bebê para carregar o João Paulo de um lado para o outro.

Realmente, lá você encontra carrinhos dos mais variados tipos e preços, alguns “strollers” melhores dos que temos no Brasil, mas também há outros também de má qualidade.  No entanto, é claro que vale a pena comprar até o mais ruinzinho que tiver, pois é uma PECHINCHA comparados os nossos preços!!!

As roupas então… Pois é, você fica alucinada com cada ” roupicha”!! Marcas famosas, tecidos delicados, uma gama de cores e de modelos! Tudo o que os pais gostam de melhor para o seu pupilo…

Voltando ao assunto… O Walmart tem um preço razoável, e é mais barato do que as lojas especializadas em artigos infantis de Orlando. Com uma peculiaridade , que no hipermercado tem até mais variedades de peças do que nas lojas de bebê.

Como eu já postei, Miami é mais barato para se comprar do que em Orlando e eu acho os shoppings de lá mais interessantes…

Agora, se você quer montar um enxoval  do seu filhote com roupas de marcas famosas como Carters, Polo Raph Lauren, Tommy, etc, (não quer gastar e quer comprar muito) vá até a Macy’s em Miami. Você vai adoooorar!!! Tem macacãozinho, bodies ( conjunto de 2 e 3 juntos), mantas da Carters custando $5 dólares e às vezes, quando você passava pelo caixa, o preço fica ainda menor. Nós compramos camisas para o João Paulo da Polo Rauph Lauren por $ 7 dólares , sendo que nas outlets pagamos $26 dólares. Ou seja, vale a pena fazer uma visita à Macy’s, antes de sair rodando pelos os “malls” de Miami. Sem contar que a loja é muito agradável, é mais vazia e tem um restaurante muito bom no 4º andar!

 

Os nossos filhos e as chupetas( bicos)


Antes do João Paulo nascer, um dos itens que eu não quis incluir na lista do enxoval era o bico ou a chupeta ( aqui em Minas é mais comum falar bico). Mas mesmo assim, o meu cunhado enviou um do time preferido da família dele para meu filho. 

Quando o meu filhote nasceu, eu continuava não tendo intenção em acostumá-lo com nenhum artifício para acalmá-lo ou fazê-lo dormir. E de fato nem precisava, pois ele era muito tranquilo e também nem conseguia adaptar-se direito  à chupeta.

Com o passar dos meses, vi que a minha teoria de não usar o bico foi “caindo por terra” e comecei a perceber que os conselhos dados, sobre essa grande invenção salvadora, dos pais aflitos, era uma das melhores “armas” criadas.

Pois é, o João Paulo começou a gostar do bico e aí começou o grande problema: a chupeta não parava na boca dele e a todo momento caia no chão (diga-me: qual é o maior medo dos pais de primeira viagem? Do filho querido pegar germes, bactérias, vírus, ou seja, de SER CONTAMINADO!!). Levava em minha bolsa uma arsenal de bicos, mas mesmo assim, não dava conta para suprir a necessidade do meu filho!!!

Foi então que, navegando pela internet, vi uma chupeta que caia no chão e se fechava automaticamente. “EUREKA!” A solução para o meu problema estava bem diante dos meus olhos! Só que tinha um outro probleminha; não era vendida no Brasil (acredito que, por ser um produto importado e destinado à criança, o IMETRO não tem como ter um maior controle. Por isso não deve poder ser comercializado.) O que fazer para adquirir essa preciosidade?

A minha mãe estava indo para New York e disse que traria o bico para o seu neto, se caso encontrasse-o). Esperamos ansiosamente pelo retorno dela.

Ficamos muitos felizes  por ter conseguido a chupeta, mas o João Paulo não gostou da novidade e o bico foi parar na gaveta. 

Apesar de nos rendermos ao bico, estipulamos uma regra para o João Paulo: só pode chupar chupeta na hora de dormir!!!!

Com isso, passei a interessar-me por bicos e a buscar novidades no mercado e uma que eu adorei, foi a chupeta FOSFORECENTE. Pois é,  ela é feita de um material que brilha no escuro. Assim, a criança que durante o sono perde o bico, consegue localizá-lo sem chorar ou incomodar os pais à noite ( é uma beleza!!!).

   Brilham no escuro

Durante a nossa viagem a Orlando, fomos até uma loja especializadas em artigos para bebês e conhecemos mais algumas novidades no setor “bical”. Esperamos que goste, porque o João Paulo ADOROU!

O que os filhos podem vestir em Miami


Como no Brasil, o inverno na Flórida é muito ameno. Em Orlando  é mais frio do que em Miami, porque venta mais. Então, a sensação térmica é menor.

O que levar na bagagem? Para os adultos: calça jeans, blusas um pouco mais grossa ou um moleton, tênis e um cachecol para dar um charme nas fotos, durante as visitas aos parques.

Para os filhotes, você tem que agasalhá-los mais.

Olhe só as roupas que eu selecionei para as crianças da loja virtual Pappu Baby Boutique( www.pappubabyboutique.com.br)!

( A última moda nos EUA é a combinação de minissaia com legging, principamente se a saia for de tule- estilo bailarina. As meninas ficam uma graça!)

Mesmo que você vá para comprar, é bom levar algumas roupas do Brasil para não correr o risco de não poder aproveitar os passeios, por não ter vestimentas adequadas ou por estar com medo de passar frio.

Encontrei uma brasileira que disse: “Não trouxe shampoo, roupas e nem sapatos porque minhas amigas falaram para eu comprar tudo em Orlando, porque era mais barato e as coisas eram melhores. Já estou há cincos dias aqui e não consegui comprar nada que me agradasse…Estou usando as mesmas roupas e como estou sozinha, tive medo de ir até a farmácia comprar as coisas! Ou seja, a minha viagem não saiu do jeito que eu planejei.”

Os meios de transporte em Miami


Não é a primeira vez que vamos à Flórida e como sempre, usamos os transportes públicos, os  de empresas e os taxis. Desta vez o Jud quis alugar o carro, pois estávamos com criança e não gostaríamos de depender de ninguém para as nossas locomoções.

Tentamos alugar o carro no Brasil, porém o agente de turismo disse que era mais barato alugar nos EUA, pois  não teríamos custos com a cadeirinha para autos e nem com o GPS. Foi o que fizemos.

Porém, ao chegarmos lá, quanta surpresa! Realmente o aluguel  do carro é mais barato, mas tem todos os tipos de taxas que acabam encarecendo o aluguel. Você paga pelo GPS, pela cadeirinha, o seguro do carro ( que é quase o mesmo preço do valor do aluguel) e depois vem os custos com a circulação do automóvel: o estacionamento do hotel( pois é, o hotel cobra em média $12 dólares, por dia, para você deixar o carro no estacionamento deles!)dos parques ( em torno de $ 14 doláres), gasolina e sem contar nos pedágios que há nas autoestradas. E, às vezes, apesar do GPS, há trajetos confusos que podem meter você em encrenca e fazê-lo levar uma bela multa. 

Portanto, para quem gosta de desafios, alugar um carro é um bom negócio. Mas para quem tem criança e medo de se aventurar, prefiram os meios de transportes oferecidos, pois é uma ótima forma de conhecer a cidade, sem ficar com medo de errar em um país que as leis são bem mais severas do que a nossa.

Dica- Em Miami há Metrorail, que é um trenzinho elétrico, gratuito, que circula em Downtow, e nos liga ao metrô, passa perto de alguns shopping( Bayside, por exempolo). É  limpo, seguro, não fica lotado e oferece aos passageiros uma paisagem maravilhosa por onde passa. Vale a pena conhecer!!!!

Dicas de Miami


É comum entrar em sites de dicas de compras na Flórida, e muitos dizem que o melhor é comprar em Orlando, pois é mais barato. Acredito que, dependo do período em que você visitar a região, pode até ser barato,mas pela minha experiência, indica que em Miami somos mais favorecidos, em janeiro, no quesito ECONOMIA! Visitei as Outlets, shoppings e lojas especializadas e muitos apresentaram preços bem mais “salgados” do que em  Miami.

 É claro que, se comparando com os preços do Brasil, algumas marcas saem por uma PECHINCHA, mas é terrível você comprar um produto e depois verificar que em um determinado lugar, é mais barato ( você tem vontade de voltar e pedir o seu dinheiro de volta-pelo ou menos comigo é assim!)

Em Orlando,  as outlets são muito visitadas por brasileiros, por isso acredito que os proprietários aproveitam para faturar mais.

Agora, em Miami,  o melhor lugar para se comprar é o shopping SUWGRASS MILLS, localizado a 60Km de Donwtow(centro) da cidade. Lá você encontra a maioria das outlets ( Tommy, Lacoste, Nike, All Star, Puma, Carter`s, Polo Raph Lauren, Gap,  as lojas de departamentos( Bed Bath & Beyond, Marshalls ,Burlington, JCPenny,Target) com um preço muito mais barato do que em qualquer lugar Flórida. E sem contar que, lá tem um restaurante temático MARAVILHOSO, o Rainforest ( sabe aquele lugar que faz a alegria da criançada e dos marmanjos? É lá!) Parece que você está no meio da selva. Tem jacaré, macacos, elefantes, muita chuva e sons incríveis emitidos pelos animais. Meu filho adorou.

Restaurante Rainforest

 A alimentação é de primeira, há comida para as crianças, sem pimenta do reino, e é um ótimo lugar para se  tomar uma cerveja gelada e para se comer um tira-gosto, antes ou após um período de compras!

Para ir até ao Suwgrass Mills contratamos uma empresa especializada, a All Tour( não é propaganda), mas fomos muito bem atendidos (desde de Orlando), pois é uma empresa que todos os funcionários são brasileiros ( e para quem  não domina o inglês, é uma excelente opção!) e eles deixam a gente bem à vontade, além de serem extremamente pontuais.

Por que não optamos por alugar um carro? Falarei disso no próximo post.

 

Férias na Flórida


No post anterior falei um pouquinho sobre Miami, mas o meu grande objetivo era visitar os parques de Orlando, para que o João Paulo Antônio, meu filho, pudesse vivenciar um pouquinho do mundo de magia proporcionado pela Disneyword.

Visita ao Magic Kingdon

Quando escolhemos o hotel onde ficaríamos hospedados, pensamos em ficar fora da rede hotéis da Disney, o que foi um grande erro. Porque onde nos hospedamos, não havia estrutura para criança (apesar da agência informar o contrário),  ainda mais para uma de 18 meses! Para lavar mamadeiras foi um sacríficio e para arrumar uma alimentação adequada? Foi pior ainda!!!

Então vai uma dica: lembre-se sempre que, na Flórida por ter muitos latinos, a culinária é muito picante, em tudo eles colocam pimenta do reino ou açúcar. Ou seja, é uma alimentação bem diferente da nossa e inadequada para uma criança. Por isso,  na próxima vez que eu viajar com o João Paulo, escolherei um hotel que ofereça pelo ou menos uma “babycopa”, e acredito, que vale a pena ficar na rede de hotéis da Disney. Pois nos parques, a estrutura montada para atender as mães é maravilhosa! No local reservado para as crianças, há berços para troca de fraldas, micro-ondas para fazer papinha, vasilhas especiais, prato, fraldas, lenços umedecidos, tudo aquilo que é necessário para os nossos filhos e  principalmente por estarmos longe da nossa casa.

Miami, o paraíso das compras!!!!!


Estamos nos EUA, fomos para Orlando, agora estamos em Miami e eu adorei comprar novidades para a minha loja e para o meu filho.

Como todo turista brasileiro, e que gosta de comprar roupa boa e de qualidade, fui às compras e vi que realmente no Brasil pagamos muitos impostos e é por isso que nossas roupas são mais caras, apesar da mão de obra barata. E o que mais deixa-nos triste, é que mesmo assim, não temos retorno algum, principalmente nos sistemas de transporte público.

Vista do hotel

Ficamos em Miami, em Donwtow, um lugar maravilhoso, próximo da costa com todas as facilidades de locomoção. Mas mesmo assim, como exploradores que somos, gostamos de conhecer a cidade fora do trajeto turístico, ou seja, saímos à procura de trens, ônibus e de metrô para ver como os “locais”se locomovem e como vivem no seu dia a dia.

E vou dar algumas dicas, nas próximos post’s, de como conhecer um outro lado da cidade e de ir às compras!

Bjs 1000.